Minha lista de blogs

26 de mai de 2011

Mantra amoroso

"Tu te tornas essencialmente responsável pelo que cativas"
"Só enquanto eu respirar, vou me lembrar de você"
"Enquanto houver você do outro lado, aqui do outro eu consigo me orientar"
"Meu mundo ficou melhor desde que você chegou"

Estas lindas frases trazem uma reflexão: Será que realmente tais frases nos fazem felizes?

Pessoas e mais pessoas  baseiam seus relacionamentos em meras frases apaixonantes. Algumas vivem em função de tais sentimentos  e que acabam por deixarem cicatrizes  tão profundas que nem o tempo consegue apagá-las do coração. Será isso um amor de acordo com os padrões de Cristo? Não quero fazer disso uma acusação ou perseguição sobre quem se utiliza de tais "mantras amorosos". O mais importante a destacar é que devemos viver o verdadeiro amor de Cristo e não o nosso amor. Este versículo tem vários entendimentos para o amor mas pode ser utilizado neste aspecto:

"O amor é paciente, é benigno, o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz incovenientemente, não procura seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta" 
I Corintios 13:4. 

Fujam de tais frases que são mantras criados por nós e busquem em Cristo o verdadeiro amor.









10 de mai de 2011

STF aprova a União Homoafetiva!!! Onde está a Igreja?

 



O Supremo Tribunal Federal (STF) na semana passada (dia 05/05/2011) aprovou por unanimidade que o texto do art. 1.723 do Código Civil Brasileiro foi colocado em inconstitucionalidade, devido ferir o art. 5º da Constituição da Republica Federativa do Brasil. Em miúdos, o STF, autorizou e determinou que a união homoafetiva tenha o mesmo entendimento duma união estável entre heterossexuais.  O STF em sua sentença, esclarece que o Estado Brasileiro, através da sua Corte que a República Federativa do Brasil, um Estado Laico (sem religião), deva representar todos os cidadãos, independentemente de sua cor, raça, condição socioeconômica e opção sexual e  protega as minorias, amparando os mesmos direitos que os casais heterossexuais possuem. 

O mais engraçado disso é que o último censo do IBGE (2010) revela um dado super interessante: num país de 190 milhões de habitantes, são declarados apenas 60.000 casais homoafetivos num universo de 190 milhões de pessoas. Será que o STF realmente representa  a população brasileira? Será que o STF respeitou a Constituição em seu art.5º em relação a liberdade de expressão e  de culto? São indagações que deixo para os doutrinadores, operadores do Direito e meros estudantes refletirem. 

Mais importante é o que diz a Palavra de Deus em Genêsis 02:18 onde diz: " Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que seja idônea". 

O fato mais grave é que o mundo caminha para o fim tenebroso. E os verdadeiros cristãos? Onde estão? Qual a sua voz? A sua posição? Antigamente, as igrejas protestantes batiam de frente em casos como esse mas percebe-se até uma certa acomodação quanto a tais absurdos.

É preciso que a Igreja, independentemente de denominação levante e lute por tais absurdos e mostre a sua verdadeira cara!!

EU PENSO ASSIM E VC?











6 de mai de 2011

ahh... a Paixão...

Quem de nós nunca teve estes sentimentos tão gostosos em nossos corações. É uma das fases mais preciosas de nossa adolescência e juventude.

Nós cristãos somos muito acostumados a ver a paixão como algo ruim, sofredor, inconseqüente. Mas ela pode se tornar assim se você perder o equilíbrio. Mas vamos lembrar dela como algo bom. Não vemos dificuldades nos encontros, não vemos dias ruins ou bons, nosso humor fica maravilhoso. E sempre estamos dispostos a dar e receber carinho, atenção e muito amor.

Ao nos apaixonar nos tornamos mais fáceis de lidar, perdemos nossa capacidade de criticar tudo e todos, FICAMOS COMO QUEM SONHA. Joelhos que não conseguem sustentar o corpo. Caímos sempre de cabeça nesses sonhos. Isso não é meramente frase de escritor, é a realidade que tanto temos saudades. E desejamos voltar a viver.

A paixão tem tempo para acabar, não podemos viver eternamente estes cala-frios. Eles precisam cessar para nossa vida voltar ao normal. Afinal haja coração para tanto. A partir daí começa o namoro e o desejo de se casarem.

O que nunca podemos perder é o desejo de estarmos juntos, compartilhar experiências, o amor ardente (mesmo que tenha dias em que o que desejamos é sumir no mundo e dar um fim no namorado (a)).
Corremos menos risco de erros, quando não queimamos etapas, não  ultrapassamos limites.

Não podemos viver apaixonados para não corrermos o risco de decepções constantes, jovens se deixam enganar facilmente pelas paixões. Apenas o amor nos faz feliz e com a perspectiva de sermos amados. 
Não nos apaixonamos para passar tempo, queremos é conhecer alguém. Por isto sou contra namoros longos ( 5, 6 anos, por exemplo) e fora de uma idade onde possam assumir compromissos sérios. Não namoramos para não ficar só. Namoramos para conhecer e construir juntos uma família.

Corremos muito risco de nos enganar e enganar a outros quando nos deixamos levar por paixões levianas. Quando deixamos nossos corações soltos a todos os sentimentos que batem à porta, confie em Jesus, ao invés de ficar apreciando cada corpo e rosto bonitinho que passa, aprenda a buscar de onde vem esperança – Jesus Cristo.

“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.”(Salmos 37:5)

Confiar em Cristo é um dos atributos que os jovens apaixonados precisam aprender. Esperar tranquilo e despreocupado mesmo que todos os jovens e adolescentes estejam namorando e você não. Não siga cada carruagem que passa. Espere a sua vez, seu tempo chegará.  Cuide de ser um bom filho, boa ovelha, as coisas vão acontecendo ao seu tempo.

Ter alguém é importante, mas não é tudo no mundo. Aprenda a estudar, dar conta de controlar sua própria vida. Seus sentimentos, o tempo se encarrega de organizar sua vida, e Deus em Cristo de colocar a pessoa certa em seu caminho.

Texto escrito por Sílvia Letícia Carrijo de Azevedo Sá e adaptado por Alex Aziz Assis

5 de mai de 2011

OS PROBLEMAS




Quem  nunca passou por problemas? 

Nós humanos em algum momento sofremos  com tais preocupações...
Faculdade, primeiro emprego, casamento, filhos...

Quando nós buscamos a própria solução para as aflições, nos frustamos e vemos que não conseguiremos  Daí surge uma pessoa muito especial e preparada para nos socorrer...

JESUS CRISTO É A VERDADEIRO REMÉDIO PARA OS PROBLEMAS HUMANOS

Ele nos livrou do jugo do pecado e nos dá a mão para andarmos com Ele, em Espirito e em Verdade...

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." João 3:16.

Lembre-se o maior problema Ele já resolveu para você, basta acreditar Nele...